Um dos maiores clássicos do videogame, Pac-Man comemora 35 anos com passeio espacial

Alexandra Marques
Por Alexandra Marques maio 22, 2015 08:52

Um dos maiores clássicos do videogame, Pac-Man comemora 35 anos com passeio espacial

RIO — Quando foi lançado, há exatos 35 anos, a indústria de videogame ainda engatinhava, mas Pac-Man conseguiu um feito raro e até hoje é lembrado com carinho pelo público. O título original foi lançado em Tóquio, no dia 22 de maio de 1980, mas o personagem amarelo, que lembra uma pizza sem uma fatia, se transformou em fenômeno mundial. Ele tem gráficos ultrapassados, enredo de pouca profundidade, mas é difícil encontrar alguém que não se encante e invista alguns minutos se divertindo com um dos maiores clássicos da história dos jogos eletrônicos. Para marcar a data, Pac-Man ganhou atualizações para smartphones, festas ao redor do mundo, quebra de um recorde mundial no Japão e até um passeio espacial.

— Dos Arcades aos consoles, do digital aos dispositivos móveis, Pac-Man se mantém como um desafio na vida dos jogadores. O apelo interminável desse projeto simples, mas magistral, após todo esse tempo não é nada menos que notável — disse Jeferson Valadares, diretor da Bandai Namco, criadora do game. — Mas esse é um aniversário para os fãs. Se você tem alguma boa memória do Pac-Man nesses últimos 35 anos, compartilhe com alguém especial.

A Bandai Namco preparou uma atualização dos jogos “Pac-Man“ e “Pac-Man Lite” para iOS, com design inspirado no título original. Para Android, o “Pac-Man +Tournaments” ganhou novos labirintos, inclusive um pacote temático da década de 1980. A produtora também está programando a festa de aniversário oficial, que será celebrada na noite desta sexta-feira no restaurante temático Level 257, em Schaumburg, Illinois, com a presença de Toru Iwatani, criador do personagem.

Iwatani, que atualmente dá aulas na Tokyo Polytechnic University, esteve presente na quinta-feira na homenagem preparada ao personagem pela Sony no Japão. Em frente à Tokyo Tower, 351 pessoas vestidas com uma capa amarela formaram a maior imagem humana do Pac-Man, com diâmetro de 10,50 metros. O feito foi registrado pelo Guinness World Records e promove o lançamento do filme “Pixels”, no qual Pac-Man é uma das estrelas.

— Foi uma verdadeira celebração dos 35º aniversário do Pac-Man. Espero que todos continuem o amando — disse Iwatani em entrevista à emissora japonesa NHK.

No Reino Unido, Pac-Man foi lançado ao espaço e toda a aventura, registrada por uma câmera GoPro, será divulgada nesta sexta-feira. Na Espanha, quatro das principais celebridades do YouTube no país vão disputar um torneio do jogo, que será transmitido pela internet. E em Paris, a tenista Serena Williams, que participou do filme “Pixels”, prepara uma homenagem ao personagem direto de Roland Garros.

A série de homenagens tem seus motivos. Pac-Man é um dos personagens de videogame mais conhecidos do mundo, além de uma franquia bilionária. Segundo o Guinness, ele mantém o título de “arcade de ficha mais bem sucedido”. Até 1987 foram instaladas 293.822 máquinas ao redor do mundo, que foram jogadas mais de 10 bilhões de vezes. O personagem também ganhou as telas das TVs, com um seriado da Hanna-Barbera lançado em 1982. No mesmo ano, a música “Pac-Man Fever” alcançou a nona posição na lista da Billboard americana. Ele também inspirou revistas em quadrinho, peças teatrais, livros e, claro, videogames.

Ao longo de 35 anos, o jogo foi reeditado para inúmeras plataformas. No Atari 2600 ele vendeu mais de sete milhões de cópias, se tornando um dos títulos mais vendidos do console. Pac-Man também teve versões para o Apple II, os primeiros IBM PCs, Commodore 64, Nintendo, Game Boy, Game Gear, Neo Geo, entre outros.

— É difícil acreditas que 35 anos se passaram desde que criamos Pac-Man. Tem sido muito emocionante ver que o mundo o aceita como ele é. Como qualquer criador, eu queria fazer algo que durasse, mas isso superou tudo que eu esperava — disse Iwatani. — Meu pedido de aniversário é que Pac-Man continue fazendo as pessoas felizes.


Fonte: O Globo

Alexandra Marques
Por Alexandra Marques maio 22, 2015 08:52
Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda!

Deixe-me contar uma história triste! Não há comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esse artigo.

Escreva um comentário
Ver comentários

Escreva um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos requeridos estão marcados*

COMENTÁRIOS RECENTES

  • Todi

    Todi

    Ótimo obrigado.

    Ver artigo
  • Victor

    Victor

    Fiz os treinamentos de Excel Básico e Intermediário. Ambos são excelentes e proporcionam um ótimo domínio da ferramenta para que…

    Ver artigo
  • PL

    PL

    Ajudou pacas, muito prático. vlw.

    Ver artigo

AGENDA

ENCONTRE-NOS NO FACEBOOK

CADASTRE-SE PARA NOVIDADES