Criança de 5 anos é aprovada em exame de certificação da Microsoft

Alexandra Marques
Por Alexandra Marques novembro 17, 2014 16:37

Criança de 5 anos é aprovada em exame de certificação da Microsoft

Exemplo de crianças prodígios é o que não falta por aí: enquanto algumas são capazes de desenvolver jogos mobiles aos sete anos, outras são contratadas como programadores por gigantes da tecnologia aos 12. Porém, o que você acha de se tornar um profissional certificado da Microsoft (MCP) com apenas cinco anos de idade? Se você acha impossível, prepare-se para conhecer a história de Ayan Qureshi.

A criança, agora com seis anos, foi aprovada em um exame de certificação da Gigante de Redmont para profissionais da área de TI. “Havia questões de múltipla escolha, de arrastar e soltar, de marcar e perguntas baseadas em cenários”, conta o pequeno ao site BBC News que achou o teste foi difícil, mas divertido.

Seu pai, Asin Qureshi, consultor na área de TI, conta que começou a ensinar computação ao filho quando ele tinha três anos. A criança brincava com computadores antigos para entender conceitos como o de disco-rígido e de placa-mãe. “Qualquer coisa que eu falasse, ele lembrava no dia seguinte. Então comecei a alimentá-lo com mais informação”, explica o pai. “O uso excessivo de computadores nessa idade pode ter um efeito negativo, mas, no caso de Ayan, ele aproveitou uma oportunidade”.

“O desafio mais difícil foi explicar a linguagem do teste para uma criança de cinco anos. Mas ele parecia entender e tem uma boa memória”, lembra-se Asin, orgulhoso do filho. Ayan tem o seu próprio laboratório de computação em casa, na cidade Coventry, centro da Inglaterra. A rede que interliga todas as máquinas foi construída por ele mesmo.

A criança passa cerca de duas horas por dia estudando assuntos como sistemas operacionais e aprendendo a como instalar programas. Sua família mudou-se do Paquistão para a Inglaterra em 2009 e todos estão muito orgulhosos com o feito do garoto.

“Não quero que ele bata um recorde mundial a cada dia. Mas quero que ele dê o melhor no que quer que faça na vida”, conta a mãe de Ayan. O garoto também explicou que sonha em criar, no Reino Unido, uma região semelhante ao Vale do Silício americano, lugar conhecido como o berço e quartel-general de várias empresas da tecnologia. Além disso, ele também pensa em abrir uma empresa própria. Ambiciosa essa criança, não é mesmo?

Fonte: TecMundo

Alexandra Marques
Por Alexandra Marques novembro 17, 2014 16:37
Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda!

Deixe-me contar uma história triste! Não há comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esse artigo.

Escreva um comentário
Ver comentários

Escreva um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos requeridos estão marcados*

COMENTÁRIOS RECENTES

  • Todi

    Todi

    Ótimo obrigado.

    Ver artigo
  • Victor

    Victor

    Fiz os treinamentos de Excel Básico e Intermediário. Ambos são excelentes e proporcionam um ótimo domínio da ferramenta para que…

    Ver artigo
  • PL

    PL

    Ajudou pacas, muito prático. vlw.

    Ver artigo

AGENDA

ENCONTRE-NOS NO FACEBOOK

CADASTRE-SE PARA NOVIDADES