Apple anuncia o iPhone 6 em dois tamanhos e revela o seu relógio inteligente, o Apple Watch

Alexandra Marques
Por Alexandra Marques setembro 10, 2014 08:17

Apple anuncia o iPhone 6 em dois tamanhos e revela o seu relógio inteligente, o Apple Watch

RIO – Em evento desta terça-feira, no Flint Center for Performing Arts, em Cupertino, nos EUA, a Apple finalmente pôs fim aos rumores e às expectativas do mercado e do público quanto aos novos produtos da empresa e apresentou a sua nova linha de smartphones, o iPhone 6, e o seu tão aguardado relógio inteligente, o Apple Watch.

A apresentação teve início com um vídeo mostrando rápidas imagens e mensagens focando no poder da Apple em mudar as coisas com os seus produtos. Ao final do clipe, o CEO da companhia, Tim Cook, subiu ao palco do Flint Center, se referiu ao evento como “um dia chave para a Apple” e rapidamente deu sequência à apresentação do novo smartphone da empresa.

Um smartphone, dois tamanhos


Apple apresenta os novos modelos de iPhone 6 – JUSTIN SULLIVAN / AFP

Como antecipavam os rumores sobre o aparelho, o iPhone 6 será oferecido em modelos com tela de 4,7 polegadas de 5,5 polegadas (este batizado de “Plus”). Os novos dispositivos também são visualmente semelhantes aos protótipos vazados nas últimas semanas e meses, com bordas arredondadas e o botão de ligar na lateral do dispositivo.

Com 6,8mm (o iPhone 6) e 7,1mm (o Plus) de espessura, os dois aparelhos são equipados com uma nova tecnologia de tela batizada de Retina HD e possuem resoluções de 1334×750, no modelo menor, e 1920×1080, no modelo maior. De acordo com a companhia, isso significa que os novos smartphones possuem, respectivamente, 38% e 185% mais pixels que o iPhone 5S. A tão alardeada e resistente tela de safira não foi confirmada pela empresa — em seu lugar, a Apple mencionou uma tencologia de “ion reforçado”.

Os dois aparelhos também trazem novidades na interface com o usuário, funcionando também na horizontal, de forma semelhante ao iPad, e apresentando um novo modelo de teclado e recursos que adequam o tamanho dos aplicativos antigos às novas resoluções.

Os novos iPhones 6 são equipados com o processador Apple A8, de 64 bits. O chip tem 2 bilhões de trasistores e é construído com processo de 20 nanômetros. É 13% menor que o A7. A Apple alega que a bateria do iPhone 6 Plus é capaz de resistir 24 horas de chamadas telefônicas com a conectividade 3G ligada, enquanto a do modelo regular aguenta 14 horas na mesmas condições.

Quanto à conectividade, os novos iPhones suportam 20 bandas de frequência LTE, ou seja, mais do que qualquer outro smartphone, além de mais capacidade de roaming em LTE. Os telefones também permitem a chamada VoLTE (Voice over LTE), que possibilita ligações de voz de melhor qualidade, num desenvolvimento conduzido em parceria com dez operadoras de celular pelo mundo afora.

Além disso, o Wi-Fi dos novos aparelhos é três vezes mais rápido, graças ao padrão 802.11ac. Outra novidade é a chamada por voz via Wi-Fi, por ora só implementada para os novos iPhones pelas operadoras T-Mobile, nos EUA, e EE, no Reino Unido.

Já a câmera traseira dos novos aparelhos possui 8 megapixels, um novo sensor capaz de focar objetos duas vezes mais rápido que os últimos modelos de iPhones, estabilizador de imagem, e é capaz de filmar vídeos HD em 1080p a 30 fps ou 60 fps. Atualizando a capacidade do iPhone 5S em filmar cenas em câmera lenta, os novos modelos são capazes de produzir vídeos em 124 ou 240 fps. A Apple alega que os dois iPhones 6 também são capazes de criar panoramas de até 43 megapixels.

Os novos iPhones 6 chegam aos consumidores nos EUA em 19 de setembro e podem ser adquiridos em pré-venda a partir do próximo dia 12. Enquanto o iPhone 6 estará disponível por US$ 199 (16GB), US$ 299 (64GB) e US$ 399 (128 GB), o modelo Plus será vendido por US$ 299 (16GB), US$ 399 (64GB) e US$ 499 (128 GB) — os valores se referem aos aparelhos comercializados com contrato de dois anos.

Ainda não está claro se o Brasil faz parte da lista de 115 países em que os aparelhos estarão disponíveis até o final do ano. No entanto, o site brasileiro da Apple já apresenta os detalhes do novo iPhone 6.

Apple Pay

Também bastante antecipado pelos rumores, os novos dispositivos também são equipados com a tecnologia NFC e podem ser utilizados pelos usuários como ferramentas para transações financeiras, a partir do sistema batizado pela empresa de Apple Pay.

De acordo com a Apple, o sistema é capaz de armazenar informações de pagamento de forma criptografada e segura, fazendo uso não só da tecnologia NFC, mas também do sensor de impressões digitais Touch ID, da plataforma Secure Element e do app Passbook.

Nos EUA, o Apple Pay funcionará com cartões das bandeiras Amex, MasterCard e Visa, e em parceria com seis novos bancos. Segundo a empresa, 22 mil lojas trabalharão com o serviço, incluindo estabelecimentos como o Subway, McDonalds, Macy’s e Bloomindale’s.

A funcionalidade estará disponível a partir de outubro aos usuários dos novos iPhones.

iOS 8

Durante a apresentação, Tim Cook afirmou que a última atualização do seu sistema operacional para dispositivos móveis, o iOS 8, estará disponível aos usuários de iPhones e iPads no próximo dia 17 de setembro.

Adaptada ao iPhone 6, a plataforma traz uma série de novos recursos, entre eles a capacidade de permitir aos usuários compartilharem arquivos, ligações e mensagens SMS entre Macs e iPhones.

Além disso, o sistema tambem sera compatível com as funcionalidades do HealthKit — aplicação da Apple voltada para a reunião de dados da saúde dos seus usuários — e do Family Sharing, que possibilita o compartilhamento de compras no iTunes e grupos de mensagens entre familiares.

O relógio inteligente Apple Watch

Com a famosa frase que costumava ser usada por Steve Jobs para anunciar as novidades surpresas da Apple — a “and one more thing…” (“e mais uma coisa…”) —, Tim Cook também aproveitou o evento para marcar a entrada da sua empresa no segmento dos dispositivos vestíveis, apresentando ao público o seu antecipado relógio inteligente, o Apple Watch.


O Apple Watch – Marcio Jose Sanchez / AP

— O Apple Watch foi o dispositivo mais pessoal que já criamos — afirmou o CEO da Apple, após aplaudir a sua própria equipe.

Com um formato quadrado com um botão lateral, e também será disponibilizado em dois tamanhos de tela: 1,5 e 1,65 polegadas. Os materiais utilizados no acessório também variarão de acordo com a sua versão. Enquanto o Apple Watch “normal” terá corpo e pulseira de metal, e uma tela de safira, a versão “Sport” virá com um corpo de alumínio e pulseiras feitas com materiais esportivos. Além disso, uma versão com acabamento em ouro — a Apple Watch Edition — também estará à venda.

A coroa do Apple Watch — o botão que comanda um relógio convencional — é um controle denominado “coroa digital”. Pode ser girada para fazer “zoom in” e “zomm out” em um mapa, ou rolar em uma lista. Pressionando a coroa, volta-se à tela home.

Dotado de uma tela de toque de safira artificial, o aparelho dispõe de sensores no painel traseiro — aquela superfície que encosta no pulso do usuário. Como os outros smartwatches compatíveis com o sistema Android Wear, do Google, pode-se usar a voz para ditar respostas a mensagens. A tela de toque permite o já consagrado gesto “swipe” e é capaz de detectar diferentes gradações de força, diferenciando um gesto de toque e de uma pressão mais forte pelo usuário.

Em termos de sensores, o acessório possui um giroscópio, um acelerômetro e um sensor de batimentos cardíacos — para localização, o relógio utiliza o GPS do iPhone.

À prova d’água, o Apple Watch também é compatível com a plataforma de pagamento Apple Pay, e funcionará integrado com a assistente virtual Siri. Já as novas soluções Fitness e Workout — voltadas para exercícios físicos — funcionarão no relógio para a coleta de dados biométricos diários dos usuários.

Apesar de não oferecer detalhes sobre a bateria dos seus relógios, a Apple alega que ela deverá ser capaz de durar um dia inteiro.

O Apple Watch estará disponível no início de 2015, com preço a partir de US$ 349.

Fonte:  O Globo

Alexandra Marques
Por Alexandra Marques setembro 10, 2014 08:17
Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda!

Deixe-me contar uma história triste! Não há comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esse artigo.

Escreva um comentário
Ver comentários

Escreva um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos requeridos estão marcados*

COMENTÁRIOS RECENTES

  • Todi

    Todi

    Ótimo obrigado.

    Ver artigo
  • Victor

    Victor

    Fiz os treinamentos de Excel Básico e Intermediário. Ambos são excelentes e proporcionam um ótimo domínio da ferramenta para que…

    Ver artigo
  • PL

    PL

    Ajudou pacas, muito prático. vlw.

    Ver artigo

AGENDA

ENCONTRE-NOS NO FACEBOOK

CADASTRE-SE PARA NOVIDADES